Colocado Sunday, 7 July, 2013 por Portugal Motorsport

Share Share Share

IMG_1124A 49ª edição do off-road de Castelo Branco, fez com que a pista do Lanço Grande fosse invadida por mais de seis dezenas de participantes, num fim-de-semana escaldante para pilotos e organizadores, mas as temperatura elevadas não foram impedimento para que o público marcasse presença, assistindo, interessado às corridas das diversas divisões e categorias.

 

À beira de celebrar as 50 edições de provas de off-road, a Escuderia Castelo Branco fez bastante bem o trabalho de casa e conseguiu reunir na pista do Lanço Grande, um fantástico lote de pilotos e máquinas, provando precisamente que com algum trabalho e comprometimento, as equipas se podem deslocar de pista para pista, não centrando a sua participação apenas numa ou duas mangas do campeonato.

 

 

Para além dos participantes no Campeonato de Portugal de Ralicross e Cross car – os rapidíssimos kartcross – o clube albicastrense apimentou o show com a presença de especialistas em demonstrações de drift e marcou ainda sessões de “co-drive” com a participação do especialista em TT, Nuno Matos, que pelo meio das corridas, fizeram as delícias dos presentes…

 

Depois de muitas emoções nos treinos e qualificações, a partir das 16 horas de domingo começaram as finais, mais precisamente pela final B da Divisão Super-Nacional, que colocaria os dois melhores na final A da categoria, com António Alves (BMW E36 M3) e Miguel Teixeira (BMW E30 325i) a garantirem os ansiados lugares depois de uma luta interessante que os levou a cortar a meta separados apenas por 5 segundos…

 

Seguiu-se a primeira final, a sério, com os participantes da categoria Super Challenge 1000 a evoluírem em pista, sem grandes sobressaltos ou lutas, pertencendo o triunfo ao Fiat Punto pilotado por Tiago Seguro, que lutou com João Videira, acabando por cortar a meta com pouco mais de seis segundos sobre João Videira, aos quais se seguiram Lionel Sardinha a 25 segundos e Carlos Pereira a mais de 26.IMG_0917

 

As coisas voltaram a aquecer e muito, com a final dos Crosscar, que continuam a ser espetaculares e a empolgar o público… Nuno Bastos (ASK) foi o mais rápido, ganhando pouco mais de dois segundos a Luis Almeida (Semog), que por sua vez cortou a meta com um segundo de vantagem sobre Ludjero Santos (Semog), que assim ocupou o último lugar do pódio.

 

Troféu de Iniciação 1400 cc. A Divisão Super Nacional – que integrava os dois BMW referidos, repescados da final B, foi ganha por Tiago Martins (Golf GTI) que se manteve à frente do Seat Ibiza de Helder Miranda, mas a superioridade do homem do VW nunca foi posta em causa.

 

Seguiu-se a Super 2000, com o domínio a pertencer a Rui Sirgado (Peugeot 206) vencendo sem grandes problemas ou oposição por parte de Tiago Alexandre – em carro idêntico – com Pedro Alves (Citroen Saxo) a garantir o último lugar do pódio. Para acabar em festa, faltavam os Super Cars – os mais espetaculares do lote – e o público não arredou pé, sendo premiado por uma corrida espetacular por parte do homem do Opel Astra OPC – Joaquim Santos, que não deu hipóteses à concorrência, cujo principal opositor foi Sergio Ventura (BMW 320 ix), seguido pelo Subaru Impreza da AMOB Racing, pilotado por Pedro Silva.IMG_0026

 

As classificações vão ficar disponíveis em www.escuderiacastelobranco.pt , ficando por aqui mais uma jornada interessante do off-road nacional, que tem novo apontamento marcado para os próximos dias 27 e 28 de Julho em Montalegre.

 

FOTOS JOÃO FRANCISCO CARREGA

   
Categorias | Destaque, Offroad, Offroad-Noticias

Share Share