Colocado Wednesday, 11 September, 2013 por Portugal Motorsport

Share Share Share

APF_4568

 

 

 

 

Teve lugar no passado fim-de-semana o fantástico Caramulo Motorfestival, no qual esteve integrada no extenso programa a Rampa do Caramulo a contar para o Campeonato da especialidade.

 

 

A adesão e a diversidade de público foi excelente, com milhares de pessoas a marcarem presença ao longo dos dois dias do evento, colorindo as encostas da serra, que devido aos fogos estão totalmente devastadas. A emblemática Rampa do Caramulo manteve contudo o seu cunho pessoal no que respeita à excelência de retorno de imagem e mediatismo para todos os intervenientes.

 

 

Esta foi também a melhor forma de apoiarmos a população, reunindo fundos para a reflorestação da Serra do Caramulo, para os Bombeiros e alegrando a população local que tão bem acolhe os milhares de visitantes nesta altura do ano.

 

 

Quanto à participação de Paulo Ramalho ao volante do Juno CN09 da sua equipa PRMiniracing, logo na 1ª subida de treinos o piloto do Porto detectou que algo de anormal se passava com a suspensão da frente do seu Juno, dado que as irregularidades do traçado eram por demais transmitidas ao chassis do protótipo Inglês, bem como também a sua equipa técnica detectou que o motor cortava a rotação mais cedo do que devia. Imediatamente a equipa detectou as razões e corrigiu-as possibilitando a Ramalho fazer a 2ª subida de treinos na sua plenitude e reposicionar-se naquela que seria uma das mais aguerridas lutas pela 3ª posição da classificação absoluta deste ano, com 3 pilotos a discutirem à décima de segundo esta posição.

 

 

Na 2ª subida de prova Paulo Ramalho alcançava a sua melhor subida do fim-de-semana (1:22,640) o que lhe dava alguma vantagem, embora reduzida, na defesa da 3ª posição que acupava na altura. Para a 3ª e derradeira subida de prova, todos os pilotos deram o seu melhor, no entanto, Ramalho piorava o seu tempo em escassas décimas de segundo e com isso, no somatório das 2 melhores subidas de prova, perdeu a 3ª posição por escassos 118 milésimos de segundo !

 

 

Este resultado, embora desapontante para o piloto do Porto, demonstrou uma vez mais a competitividade deste Campeonato e a camaradagem entre pilotos, que mesmo sendo adversários directos mantém uma amizade salutar e saudável fora de pista, mas que não facilitam em nada quando vestem o fato de competição, degladiando-se ao milésimo de segundo entre os apertados rails.

 

 

Paulo Ramalho gozará agora um breve período de férias para retemperar forças, marcando depois presença na derradeira prova do Campeonato em Guimarães de 28 a 29 Setembro.

 

   
Categorias | Destaque, Montanha, Montanha-Noticias, Portugal Motorsport, PortugalMotorsport-Noticias

Share Share