Colocado Friday, 16 May, 2014 por Portugal Motorsport

Share Share Share

Ricardo-Moura-rali-de-Portugal-3Graig Breen lidera o Sata Rali Açores, apesar de apenas ter ganho um troço, sendo que a grande surpresa da prova é o polaco Kajetan Kajetnowicz, que está apenas a 0,9s do líder. Moura é o melhor nacional em quarto lugar.

 

Kevin Abbring garante a boa forma dos Peugeot 208 T16, colocando-se no terceiro lugar, a apenas 3,5s do seu colega de equipa, enquanto o quarto classificado é Ricardo Moura, o primeiro português, que compensa os poucos quilómetros que tem com o Fiesta R5, com um maior conhecimento da sua prova..

 

A abrir a estrada depois de não ter tido tempo na Qualifying Stage, Bernardo Sousa, teve algumas dificuldades e está atrás de Ricardo Moura e a 18,8s do líder, aspirando ainda à vitória, ao passo que Bruno Magalhães, é o primeiro dos S2000, sempre queixoso da falta de tração do seu Peugeot,  que lhe condiciona o seu desempenho.

 

Os concorrentes que participam no Campeonato Nacional de ralis e que apenas disputam a primeira etapa tiveram uma surpresa poucos momentos antes de saíram para estrada já que, ppor imposição da FIA,  foram obrigados a partir para a estrada dos últimos lugares. Tal situação fez com que Ricardo Moura e João Barros (que anunciaram fazer a prova toda)  partissem mais de uma hora antes do que os restantes concorrentes do CNR, provocando uma onda de protesto, até porque bastava que tivessem dito que faziam a prova toda – o preço era o mesmo – para que os inteligentes os deixassem partir na sua posição de direito, mesmo que depois abandonassem após cumprida a primeira etapa. Foi de tal forma caricato que  os concorrentes do CNR que fazem apenas a primeira etapa,  nem apareceram na classificação do rali que conta para o Europeu…

 

Moura lidera  no CNR com mais de 56s de vantagem para João Barros, que terminou o dia com problemas na bomba de gasolina do Fiesta R5, sendo penalizado por isso à entrada no parque de assistência. Segue-se Diogo Salvi,  no 3º lugar, colocando três Fiesta R5 nos três primeiros lugares e Adruzilo Lopes é o 4º à frente do grupo N à frente de um cauteloso  Pedro Meireles, que é 5º classificado a 1m11s de Moura.

 

Gil Antunes é o melhor dos duas rodas motrizes,  21s na frente de Diogo Gago e com quase 47s de vantagem sobre Paulo Neto.

 

 

Classificação após a 3ª PE:
1º Craig Breen / Martin Scott – Peugeot 208 T16 – 16m08,8s
2º Kajetan Kajetanowicz / Jarosław Baran – Ford Fiesta R5 – a 0,9s
3º Kevin Abbring / Sebastian Marshall – Peugeot 208 T16 – a 3,5s
4º Ricardo Moura / Sancho Eiró – Ford Fiesta R5 – a 5,0s
5º Bernardo Sousa / Hugo Magalhães – Ford Fiesta RRC – a 18,8s
6º Bruno Magalhães / Carlos Magalhães – Peugeot 207 S2000 – a 29,7s
7º Vasily Gryazin / Dmitry Eremeev – Ford Fiesta S2000 – a 41,4s
8º Jaroslav Orsák / David Šmeidler – Skoda Fabia S2000 – a 44,3s
9º Robert Consani / Maxime Vilmot – Peugeot 207 S2000 – a 54,5s
10º João Barros / Jorge Henriques – Ford Fiesta R5 – a 1m01,7s

   
Categorias | Destaque, Rally, Rally-Noticias

Share Share